20 de Janeiro de 2022

Notícias

Jaicós se destaca na vacinação contra covid e é 1ª cidade da região a atender a partir de 20 anos

Jaicós se aproxima cada vez mais da meta de vacinar contra a Covid-19 toda a sua população adulta. A cidade, se destacando na campanha, registra um avanço muito grande e é a primeira da região a atender o público a partir de 20 anos de idade.

Nas últimas terça e quarta-feira, foram vacinados jovens de 22 e 23 anos de idade e nesta quinta (12), a Secretaria Municipal de Saúde iniciou a aplicação da primeira dose da vacina em pessoas a partir de 20 anos de idade.

A Coordenadora de Imunização, Rakel Monteiro, disse que das cidades que integram a regional de Picos, Jaicós registra o maior avanço, com diferença de até 10 anos em relação ao município que está atendendo a segunda menor faixa etária.

“Conseguimos fazer esse trabalho avançado baseado na organização, no apoio que como coordenadora tive da Secretaria de Saúde, na pessoa de Audeli, e do prefeito também, que sempre trabalhou com transparência, dedicação e compromisso com a comunidade” destacou Rakel.

Rakel explicou que o município também recebeu doses extras, que contribuíram para um maior avanço na campanha. “As doses extras da Pfizer deram uma engrenada significativa no mês de junho, quando fizemos o arraiá e conseguimos baixar uma faixa etária significativa. Mais recentemente recebemos outra remessa, que possibilitou avançarmos para a faixa de 20 anos. Jaicós tem estrutura e organização suficiente para fazer essas remessas que vem da Pfizer, que é uma vacina diferenciada, que requer alguns cuidados especiais, e infelizmente, muitos municípios ao redor não tem essa condição”.

Segundo a coordenadora a vacinação da população adulta deve ser concluída ainda em agosto. “Estamos com uma expectativa muito boa com relação ao término dessa faixa etária de até 18 anos. Não posso dizer datas, porque a gente aguarda novas remessas de vacina, mas tudo indica que o mais tardar até a próxima semana estaremos concluindo a faixa etária dos adultos. E é um mérito muito grande para o município, algo que nos deixa muito lisonjeados. O estado investiu no município e nós estamos dando retorno”.

Ela também esclareceu sobre o percentual da segunda dose, destacando que a aplicação é mais lenta, devido o intervalo da vacina. “Temos um percentual significativo de doses que foram feitas com Astrazeneca, e o intervalo é de três meses, então, a segunda dose tem a realização mais lenta. E agregado a isso tem outros fatores, a pessoa pode não conseguir ir naquele dia, por estar viajando ou outro compromisso ou até mesmo porque teme a segunda dose, algumas pessoas estão com resistência, porque tiveram alguma reação na 1ª. Mas é importante destacar a necessidade do esquema estar completo para garantir a imunidade. Tem que tomar a primeira dose, e a segunda no período adequado”.

No próximo mês, a cidade vai conseguir aumentar significativamente o percentual da população totalmente imunizada, pois em setembro será a aplicação da segunda dose das mais de 700 pessoas que foram vacinadas no mês de junho.

A secretária de saúde de Jaicós, Audeli Coutinho, também falou sobre o avanço e disse que o mérito é de toda a gestão. “Estamos bastante felizes com esse avanço, já esperávamos chegar logo a essa faixa etária. E esse mérito é da gestão por completo, do prefeito, da Secretaria de Saúde, da coordenação que se empenha. Desde o início procuramos seguir os protocolos do Ministério da Saúde, e a coordenação teve esse apoio de mim como secretária, como do gestor, para que os protocolos fossem seguidos, para tão logo a gente conseguir alcançar a comunidade que é destinada, a vacina até os 18 anos de idade”.

Ela também destacou o preparo da equipe de vacinação como fator determinante. “Desde o início Jaicós se preparou, atendendo as exigências, de salas, equipamentos, câmaras frias e assim conseguimos avançar mais. Temos também uma boa equipe, o fluxo de atendimento é rápido. E é por essa organização que avançamos. Agradeço a equipe, a coordenação, que desde o início se preparou, são atentos as normas técnicas, as capacitações. Nossa equipe é preparada”.

A secretária também conclamou a população se vacinar. “A gente pede a população para que venha tomar sua segunda dose, e aos jovens que venham se vacinar. A vacina ainda é a medida de proteção, não que você não vai contrair o vírus, mas ele pode vir mais que em uma pessoa não vacinada”.

Ele ainda esclareceu sobre a antecipação da segunda dose. “Muitas pessoas perguntam se podem vir vacinar já que está autorizado antecipar. Mas a nota técnica do Ministério da Saúde orienta que a vacina AstraZeneca pode ser antecipada, mas no prazo mínimo de 10 semanas, antes disso não podemos. E a gente cumpre corretamente o que diz as notas técnicas, para que ter uma precisão maior e validade dessa vacina”.

Audeli também informou que Jaicós aguarda receber doses destinadas ao público de 12 a 18 anos. “Já está permitida a vacinação desse público, e quando chegar as doses destinadas, estaremos com a equipe preparada e habilitada para atender esse público”

Números gerais

Quanto a vacinação geral, Jaicós registra um total de 13.042 doses aplicadas, das 13.299 recebidas, contabilizando 98,07% de aplicação.

Da primeira dose, foram ministradas 9.632, da segunda 3.157, e 253 doses únicas. O percentual é de 50,42% da população vacinada com a primeira dose e 17,85% totalmente imunizada.